quarta-feira, 11 de julho de 2018

Workshop de Mixagem e Masterização na Fábrica de Cultura do Capão Redondo


O MC e produtor musical Alanshark foi convidado pela Fábrica de Cultura Capão Redondo para ministrar duas oficinas, uma de mixagem e outra de masterização, ambas voltadas para artistas que produzem musicas em home Studio.
A atividade foi marcada pela presença de inúmeros produtores e músicos de diversas regiões da zona sul de São Paulo, os quais tiveram acesso a conteúdos teóricos e práticos, e ainda a oportunidade de trocar experiências e discutir as diferentes perspectivas das áreas abordadas.









quinta-feira, 14 de junho de 2018

Hip Hop Ontem, Hoje e Amanhã a todo vapor!


As oficinas previstas no Hip Hop Ontem, Hoje e Amanhã ganharam vida no mês de maio com a participação de crianças e adolescentes que a partir do contato com o projeto passaram a estudar os quatro elementos (DJ, MC, Graffiti e B.boy/B.girl) da cultura em questão. Todas as atividades são gratuitas e ocorrem de terça a quinta no espaço Mocambo. Os interessados em saber mais detalhes basta entrar em contato no telefone (11) 5517 – 8995 ou no email foradefrequencia@gmail.com . 










segunda-feira, 23 de abril de 2018

Abertura Hip Hop Ontem, Hoje e Amanhã + Inauguração Centro Cultural Mocambo


Dia 23 de abril o Coletivo Fora de Frequência realizou a festa de abertura do projeto Hip Hop Ontem, Hoje e Amanhã. O evento marcou a inauguração do espaço Mocambo e contou com intervenções de artistas dos quatro elementos da Cultura de Rua.
A festividade movimentou o bairro Alto da Riviera localizado no distrito do Jd Ângela zona sul de SP. A comunidade colou em peso para prestigiar os artistas: KL Jay (Racionais), Gaspar (Z’áfrica Brasil), RD X King, SP Clan, Mirage, A Saga e André QuestOne. A vibe foi “monstra” e a atividade exitosa como é possível verificar nas imegens abaixo.

Link acervo de fotos















terça-feira, 10 de abril de 2018

Inscrições Abertas para Oficinas de DJ, MC, Graffiti e Breaking

O Coletivo Fora de Frequência por meio do projeto Hip Hop Ontem Hoje e Amanhã abre inscrições para oficinas dos quatro elementos da cultura Hip Hop (DJ, MC, Graffiti e B.boy/B.girl).

As atividades são voltadas para crianças e adolescentes residentes do distrito do Jd. Ângela e ocorrerão no espaço Mocambo semanalmente.
As vagas são limitadas, ou seja, 10 por elemento artístico totalizando 40 oportunidades.

Faixa etária: 12 à 17 anos

Inscrições: 11/04 à 30/05
Horário de atendimento: 10:00 às 12:00 e 14:00 às 16:00
Início das atividades: 02/05
Serviço: Gratuito
Informações: 5517 - 8995 / foradefrequência@gmail.com
Mocambo - Rua Egídio Colonna , 4 A - Alto da Riviera (em frente ao ponto final das lotações Nakamura)

quinta-feira, 5 de abril de 2018

Festa de bertura do projeto Hip Hop Ontem, Hoje e Amanhã + inauguração do espaço Mocambo

Nós do Coletivo Fora de Frequência por meio do projeto Hip Hop Ontem, Hoje e Amanhã estamos prestes a inaugurar o centro cultural Mocambo no bairro Alto da Riviera localizado no distrito do Jd. Ângela zona sul de São Paulo.
A iniciativa foi aprovada na 2ª edição do edital Fomento à Cultura da Periferia, de responsabilidade da SMC, e irá promover durante dois anos eventos que proporcionarão a valorização de artistas dos diversos seguimentos e de diferentes gerações do Hip Hop, os quais serão contratados e terão a disposição estrutura necessária para que possam desenvolver suas intervenções extraindo ao máximo seus dons artísticos.
Outros processos a serem desenvolvidos são oficinas culturais (DJ, MC, Graffiti e Breaking) voltadas para crianças e adolescentes, além de rodas de conversa que abordarão temas relevantes para a comunidade local e do entorno.
Todas às atividades contempladas na proposta serão disponibilizadas ao público gratuitamente.
A comunidade poderá ter acesso ao projeto a partir do dia 21/04, data do evento de abertura do mesmo, a festa contará com a discotecagem do KL Jay (Racionais) e Refúgio DJs. Também somam com os trabalhos Os MCs Gaspar (Z’áfrica Brasil), RD X King e o grupo A Saga, incluindo ainda, o grafiteiro Gregone e a crew de Breaking SP Clan. A festividade vai das 16:00 até às 22:00.

Endereço: Rua Egídio Colonna, 4A – CEP: 04929-050 – Alto da Riviera
Ponto de referência: Em frente ao ponto final da perua Nakamura e próximo ao final do ônibus de mesmo nome.
Contato: (11) 5517 8995 / foradefrequencia@gmail.com


sábado, 29 de abril de 2017

Ocupação Hip Hop

Trata-se de um encontro entre artistas que constam na programação e outros atores da cultura que queiram partilhar seu trampo. Então, se você atua com algum elemento do Hip Hop ou de outro seguimento que dialogue com o mesmo, é só chegar!!!

Data de Realização: 07/05
Horário: 16:00
Endereço: Av. dos Funcionários Públicos, 369 - CEU Vila do Sol

Lembrando que o Graffiti dependerá do tamanho do espaço disponível.



sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Oficinas de Graffiti E.E. Herculano de Freitas


Nos dias 22, 23 e 24 de novembro 2016, o Coletivo Fora de Frequência realizou 3 (três) oficinas de graffiti com estudante da escola Herculano de Freitas, no bairro Jd. Alto da Riviera, distrito do Jd. Ângela, zona sul de São Paulo, iniciamos cada oficina com um breve dialogo sobre os temas de racismo, territórios indígenas na cidade de São Paulo, machismo, gênero e sexualidade.

Após dialogo inicial os educandos decidiram a proposta de cada arte e desenvolveram os painéis, que ficaram para serem expostos nos corredores da escola.

O evento foi produzido em parceria entre a escola Herculano de Freitas e Sociedade Santos Martires com participação d@s educand@s da escola e teve como objetivo, oferecer um primeiro contato d@s educand@s à algumas atividades (oficinas) e introduzir alguns temas escolhidos pel@s estudantes que não são tratados como deveriam em sala de aula, no intuito de se iniciar um projeto a longo prazo e se aprofundar em alguns temas durante o ano de 2017.      

                      
 








sexta-feira, 25 de março de 2016

Elemento Graffiti - Intervenção na Casa de Cultura Campo Limpo



Durante os dias 19 e 20 de Março, o Coletivo Fora de Frequência presenteou a Casa de Cultura Campo Limpo com uma intervenção de Graffiti na fachada.
 A Casa de Cultura do Campo Limpo fica localizada no entorno da praça na rua Aroldo se Azevedo, 100, e está com uma programação cultural eclética mantida num sistema colaborativo entre educadores, produtores culturais, militantes locais e a gestão do espaço.

 Com a renovação da gestão tendo a socióloga Anabela - a muito tempo atuante em diversas frentes na região - à frente do espaço, a casa e os produtores culturais locais tendem a se aproximar e, consequentemente, ganharem ainda mais força. 

 A Zona Sul de São Paulo, especialmente o Campo Limpo, é conhecidamente uma das regiões da cidade e do estado efervescente de manifestações culturais, sociais e artísticas diversas. E ter uma gestora local no espaço é fundamental para um melhor aproveitamento e potencialização da Casa de Cultura.
Com esse esforço de aproximação e colaboração mútua o espaço, os produtores e a cultura da região só têm a ganhar.

É satisfatório poder somar de alguma maneira nesse processo de renovação, fortalecimento e revitalização de um espaço, onde esperamos, a cultura local se aproprie, difunda e fortaleça ainda mais.













domingo, 6 de dezembro de 2015

Intervenção na Mostra Zumbi Somos Nós




 O Coletivo Fora de Frequência foi convidado a participar e colaborar com a Mostra Zumbi Somos Nós, que ocorre anualmente no mês de Novembro, intervindo com a produção de um mural. Sendo assim, no dia 27 de Novembro, Anderson e André Benelli produziram um mural em diálogo com a proposta da mostra de evocação da resistência de Zumbi, combate ao racismo e valorização do negro.
 Confiram o resultado:














terça-feira, 17 de novembro de 2015

Educandos fazem intervenção de Graffiti



 No dia 16 de Novembro aconteceu o último encontro do ciclo das oficinas de Graffiti ministradas pelo Coletivo Fora de Frequência na EMEF Zulmira localizada no Pq. Regina na zona sul da cidade de São Paulo.

Neste último encontro os educandos interviram na quadra da escola utilizando stencil estudado e produzido processualmente durante as oficinas. 
 As imagens foram escolhidas, stencil produzidos, composição e planejamento do projeto de intervenção pelos próprios estudantes sempre sob orientação dos educadores. 

Um pouco do processo e o resultado da intervenção pode ser conferido nas imagens abaixo: